Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 (88) 9 9785 6920
No comando: Programa: Raimundo JR

Das 09:00 às 12:00

No comando: Programa: Relax Musical

Das 12:00 às 14:00

No comando: Programa: Sequência Total

Das 14:00 às 17:00

No comando: Programa: Forrozão do Mão

Das 17:00 às 21:00

No comando: Só love

Das 21:00 às 09:00

Menu

Governo reduz em R$ 8 estimativa do salário mínimo em 2020, para R$ 1.031

O governo reduziu para R$ 1.031 a previsão do salário mínimo para 2020, de acordo com o Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) divulgado nesta terça-feira (26).

No projeto inicial, de agosto, a estimava era de R$ 1.039. A revisão do valor do mínimo ocorreu porque a estimativa para a inflação passou de 4% para 3,5%. Para definir o reajuste, o governo leva em conta o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).
Inicialmente governo previu R$ 1.040 
 
Essa não foi a primeira vez que o governo reduziu a previsão do salário mínimo para 2020. Em abril, o governo enviou ao Congresso o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias com a previsão do piso nacional de R$ 1.040. Os parlamentares aprovaram o texto com esse valor em outubro, mas o governo já havia enviado o Ploa ao Congresso prevendo o mínimo de R$ 1.039, redução causada pela previsão de inflação menor, também.
Mudança feita por Bolsonaro A proposta de salário mínimo foi feita pela equipe econômica do governo Bolsonaro. Ela representa uma mudança em relação ao modelo de reajuste do mínimo adotado por lei a partir de 2007, nos governos do PT. Ele determinava que a revisão do salário mínimo levasse em conta o resultado do PIB de dois anos antes mais a inflação do ano anterior, medida pelo INPC. Na prática, essa regra garantia o ganho real do mínimo sempre que houvesse crescimento da economia. O prazo de vigência da regra venceu no dia 1º de janeiro de 2019.

Deixe seu comentário:

Vídeo em destaque

radiosaovivo.net